25 de junho de 2007

Enquanto isso..

Hoje é dia de se matar de tanto revisar, reler, escrever e reescrever. No intervalo, quadrinhos pra relaxar. Tentei postar um sobre o Sentido da Vida, mas não consegui pois a imagem é grande. Aí vão outros.





2 comentários:

Luciana א disse...

Hoje é também o dia de comemorar o dia que nossos caminhos se cruzaram e nós nos achamos.

Há quatro meses atrás entramos um na vida do outro para confirmarmos a idéia que tínhamos sobre o amor: cheio de paixão, tesão, liberdade, individualidade, respeito, carinho, espaço, segredos, brincadeiras, comunicação... enfim! Eram tantas as coisas que eu duvidava serem possíveis de serem vividas à dois. Até que nós acontecemos.

E cada dia ao seu lado descubro que o amor se torna cada vez mais leve e não nos anula como pessoas. Muito pelo contrário, nos joga para cima, nos dá força e vontade de crescer e nos respeita, como dois, no nosso tempo individual.

Te amar tem sido uma experiência atemporal, mas feita, criada e recriada a cada dia, a cada instante.

Com você sinto poder ser eu e poder respirar a liberdade e a individualidade que tanto desejo!

Por me seres deliciosamente desnecessário: TE AMO!

Muito e todo!

E por me seres deliciosamente desnecessário sou tua: corpo, alma e coração!

Beijos muito apaixonados para você, Namorado lindo!

Da sua (toda) alvi-bela Rainha ;)

Carol Costa disse...

Uia, depois de uma declaração dessas, dá até vergonha de atrapalhar, mas o layout ficou muito melhor assim. Ah, e ótimos Calvins, boa sacada! (saio de fininho para deixar os pombinhos em paz...)