29 de dezembro de 2005

Aniversário...

Mais um ano se foi...

Com ele, tentativas, erros e acertos.
Felizmente, para uma pessoa insegura e cabeça-dura como eu, tudo correu bem.
Provas de fé, novos amigos, auto-estima subindo e descendo, perda de um irmão, internação de meu pai, saúde de meu pai revigorada, mestrado encaminhando, textos bons e textos ruins, paixões, transas, mulheres, comida, iates, pressão 15 x 9, etc.

Graças à Deus, tudo ocorreu para me trazer um pouco mais de sabedoria (ou não - como diria Caetano), e as experiências estão contribuindo para minha formação (que conversa mais piegas). Sei que muitas coisas romperam com valores antigos, criando novos, e outras apenas me fizeram repensar o que é a vida, como estou vivendo e como pretendo vivê-la.

Muitas frases e jargões habitam minha mente neste exato momento:
"Conduzo, não sou conduzido."
"Tudo posso naquele que me fortalece."
"Anarquia! Ho Ho Ho"
"Viver é um eterno aprender."
Mas a melhor é:

"Hey! Ho! Let´s go!
Hey! Ho! Let´s go!"

Sentado aqui, pensando no que escrever antes de ir encontrar com os amigos e voltar tonto pra casa, penso que, até hoje, nestes 33 anos de vida, tenho vivido da forma mais light possível: visto o que tenho, como o que gosto, vou aonde quero e tento me divertir em todas as situações mantendo a mente em Deus (meu melhor amigo).
E, pelo menos uma vez por dia, vou escutar Heavy Metal religiosamente.

É isto... Ficam aqui as reticências, pois não sei o que virá de hoje em diante. Só tenho certeza de que, aonde eu for, meus amigos e familiares estarão comigo, e, certamente, Deus andará comigo em qualquer lugar.

Abraços à todos os que passam por minha vida, e muito obrigado por sua amizade e colaboração.

...

Um comentário:

Pri disse...

=)
pronto, primeira visita oficial com comentário.
bjos amigo palhaço
e eu volto